quinta-feira, 18 de Março de 2010

Imagem real-5


Esta imagem vem mostrar o quanto devemos ser cautelosos na via...

quarta-feira, 17 de Março de 2010

Venda do max single “O que é isto?” de Phay Grand


De certeza que estava a autografar o cd do Kinganda ou do Amak-yeve...

Estivemos lá a dar aquele apoio que o HipHop independente merece...






paz e amor

quinta-feira, 11 de Março de 2010

A revista Zwela esta na casa

Como não podia deixar de ser a revista Zwela já foi lançada online, promessa é divida, cá vai o link.

www.zwelamag.com






paz e amor

segunda-feira, 8 de Março de 2010

Sabedoria de rua

Errar é humano, colocar a culpa em alguem é estratégico.

terça-feira, 2 de Março de 2010

Revista Zwela com Aliança Camponesa e F. Media


Segundo fontes seguras destas duas company (Aliança Camponesa e F. Media), a Zona Sul em linha constatou que tudo esta previsto para lançamento online ainda esta semana, aguardemos o link.






paz e amor

Amak-yeve X Wyma Nayoby X Dj Cavera C





Os produtos mais procurados na Zona Sul e não só.
Amak-yeve aparecerá com sua mixtape Stock de rimas, Wyma Nayoby com seu EP O rosto da persistência e Dj Cavera C com sua coletânea Underdog Vol.1, também serão vendidas na mesma data e local com a mixtape de Kinganda Rapaz comum, ainda sem data e local de venda.





paz e amor

Mixtape Rapaz Comum de Kinganda


Pessoal, para quem não conseguiu comprar esta mixtape, terá outra oportunidade, sem adiantar datas, pois, esta em negociação os locais e os dias da proxima venda.






paz e amor

Diário de uma Heroina, Saiba mais sobre: Josina Machel


Josina Machel (em solteira, Josina Muthemba) foi uma das jovens que fugiu de Moçambique para se integrar na FRELIMO e lutar pela independência do seu país. Em 1969, Josina casou-se com Samora Machel, a quem deu um filho, mas morreu no dia 7 de Abril de 1971, vítima de doença. Com a independência de Moçambique, este dia foi consagrado como Dia da Mulher Moçambicana.
Ela é considerada modelo de inspiração do movimento de mulheres. Na luta pela libertação de Moçambique desempenhou um papel muito importante. Foi uma das fundadoras do Destacamento Femenino, Chefe da Secção dos Assuntos Sociais e da Secção da Mulher no Departamento de Relações Exteriores da FRELIMO. Foi Josina que impulsionou a criação do Centro Infantil de Nangade, em Cabo Delgado, onde elementos do Destacamento Femenino, tomavam conta das crianças que ficavam órfãos, ou crianças cujos pais estavam ausentes, no combate pela libertação nacional junto á FRELIMO.
Abordando a questão femenina e a sua participação na luta, Josina Machel escreveu:
"Antes da luta, mesmo na nossa sociedade, as mulheres tinham posição inferior. Hoje a mulher moçambicana tem voz e um importante papel a desempenhar na FRELIMO, pode exprimir as suas opiniões; tem liberdade de dizer o que quiser. Tem os mesmos direitos e deveres que qualquer outro militante, porque é moçambicana, porque no nosso Partido não há discriminação baseada em sexo"
A luta de libertação de Moçambique serviu de base para a emancipação da mulher. Estas condições surgiram através do exercício a nível do Destacamento Femenino, onde a sua participação e envolvimento activo em várias actividades da luta era bem evidente.
No mês de Março temos como obrigação homenagueiar mulheres de todo mundo em especial as de África e ainda em especial aquelas que se bateram e se batem contra a maquina opressora desde o colonialismo, capitalismo...mulheres estas que têm a mesma força de vontade de vencer como Josina Machel.






paz e amor